Publicidade

Publicidade

Brasil :: Página inicial >

::

SERVIÇOS ::


  Gestor     Tendências e debates  
Altere o tamanho
da letra:
A-

Fase de definições

À espera da reforma, Paulo Speller assume a presidência da Andifes

Publicado em 24/05/2006 - 00:01

O reitor da UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso), Paulo Speller, é o novo presidente da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior). Speller, que também já foi vice-presidente da entidade, assume a Andifes em um momento de definição. As universidades federais, bem como todo o Ensino Superior, vivem a expectativa de que a versão definitiva da reforma universitária seja enviada ao Congresso Nacional - o que pode acontecer nas próximas semanas.

Em entrevista exclusiva ao Universia, Paulo Speller falou sobre as prioridades e desafios à frente da Andifes, reconheceu avanços no repasse de verbas às federais e explicou a problemática situação dos hospitais universitários. Para ler a íntegra da entrevista, clique nos links abaixo:

- Momento de espera - em crise financeira, setor das federais clama por autonomia e socorro emergencial aos hospitais universitários

- Momento de ação - com a tramitação da reforma em pauta, Andifes se prepara para difíceis negociações

A chegada da reforma no parlamento inaugurará uma nova fase de negociações, que deve ser mais dura do que os debates ocorridos até o momento. Para completar o cenário, os projetos do executivo que devem ser aprovados ainda neste governo lutam contra o tempo, uma vez que a campanha eleitoral deve esvaziar o congresso a partir de julho.

"Ao mesmo tempo em que é um momento delicado, é um momento de oportunidades. A perspectiva da reforma, a campanha para a presidência da república, a possível mudança de governo... tudo isso cria uma tensão maior, mas gera oportunidades", observa Speller. "Com certeza estaremos preparados para manter o canal de comunicação que temos com o governo, seja ele qual for, no próximo ano, para que as nossas instituições federais não sejam colocadas em segundo plano."

Essa nova configuração irá exigir da Andifes, agora sob o comando de Speller, uma presença constante junto às lideranças partidárias, bem como ao governo. Principalmente porque a entidade não ficou satisfeita com o andamento dado às questões pertinentes à gestão das IFES (Instituições Federais de Ensino Superior). Temas como autonomia, financiamento e escolha de dirigentes ficaram pendentes, enquanto outros, como procuradorias e hospitais universitários sequer foram tratados.

De acordo com o novo presidente, a Andifes já busca uma atuação ainda mais intensa nesses temas para os próximos dias. "Estamos nos aproximando do final desse governo e solicitamos ao ministro (Fernando Haddad, do MEC) uma reunião com o presidente Lula, para levar pessoalmente as nossas ponderações. Ainda acreditamos que é preciso fazer alterações substanciais na proposta, sobretudo nos eixos de autonomia e financiamento", detalha Speller.

Biografia - Paulo Speller é reitor da UFMT, onde cumpre seu segundo mandato, até 2008, depois de finalizar a gestão 2000/2004. Como dirigente de IFES, Speller foi vice-presidente da Região Centro-Oeste no Diretório Nacional da Andifes, mandato 2001/2002; vice-presidente Nacional, mandato, 2002/2003, tendo assumido a presidência interinamente no período de 04 de fevereiro a 29 de abril de 2003. Voltou à vice-presidência da Andifes para a gestão 2005/2006 e agora foi eleito presidente.





 Enviar
 por e-mail

 Versão para
 impressão

 
  Links
Patrocinados

Links patrocinados